A maior parte dos trabalhadores não se sente segura com a reabertura dos comércios nos Estados Unidos

Uma nova pesquisa revela uma ansiedade generalizada entre os trabalhadores americanos, mesmo quando vários estados tentam iniciar o lento processo de reiniciar a atividade econômica durante a pandemia de coronavírus.

Pouco mais de 80% dos trabalhadores responderam que não se sentiriam seguros em voltar ao trabalho se seu estado fosse reabrir agora, de acordo com uma pesquisa divulgada segunda-feira e realizada pelo Fishbowl, um aplicativo popular no local de trabalho.

Nova York terminou com a menor porcentagem de funcionários respondendo que se sentiria seguro retornando ao trabalho agora, com apenas 14,64%, o que faz sentido, dado que o estado é o epicentro da pandemia do COVID-19.

A traveler talks with a security officer at Washington Union Station, a major transportation hub in the nation's capital, Monday, March 16, 2020.

Trabalhadores temem por demissões

Logo atrás de Nova York estavam o Distrito de Columbia em 14,65%, Maryland em 15,28%, Washington em 15,57% e Califórnia em 16,05%.

A pesquisa foi respondida por 19.689 profissionais verificados no aplicativo nos EUA e incluiu funcionários de empresas como EY, Deloitte, Accenture, Amazon, Edelman, Nike, Google, KPMG e muitos outros.

ANÚNCIO

Pesquisas anteriores da Fishbowl revelaram que 54% dos trabalhadores temem demissões em suas empresas quando uma profunda recessão toma conta do país. Em todo o país, pelo menos 26 milhões de pessoas perderam seus empregos nos EUA no último mês.

Fonte: Fox News e Reddit

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo.

ANÚNCIO