Urso chamado de 747 foi coroado como o urso mais poderoso da América em 2020

ANÚNCIO

A melhor época do ano chegou. Não, não é Natal, não é feriado, nem é o seu aniversário (bem, pode ser para alguns).

É a época em que o Parque Nacional de Katmai, no Alasca, coroa seu urso mais gordo do ano e tem sido uma competição incrível.

ANÚNCIO

Ao longo de vários dias, o parque nacional encontrou 12 de seus maiores ursos e colocou-os uns contra os outros em um torneio de eliminação virtual para encontrar o campeão do povo.

Urso foi vencedor com unanimidade

Depois de uma competição acirrada, um urso chamado 747 foi eleito o vencedor.

O vencedor absoluto derrotou outro urso épico chamado 32, que tem o apelido de Chunk, para levar a primeira posição.

ANÚNCIO

Mike Fitz, um ex-guarda florestal de Katmai disse ao Mashable: “Ele é o maior e mais gordo urso que já vi. Sinto um privilégio especial de testemunhar um urso tão grande quanto ele.”

747 tem comido tanto que sua barriga se arrasta levemente pelo chão; é assim que ele é dedicado ao seu ofício. Ele tem cerca de 20 anos e é um dos melhores ursos na pesca do rio Brooks, com outro urso chamado 856 sendo o único que pode vencê-lo.

É incrível ver como era o 747 antes de começar a ganhar peso, já que dificilmente você seria capaz de reconhecê-los como o mesmo animal.

Bear Called 747 foi coroado como o urso mais poderoso da América em 2020
Foto: (reprodução/internet)

Ursos estão comendo bastante para a hibernação

Os ursos estão todos se preparando para a hibernação, o que exigirá que eles comam quantidades exorbitantes de comida, que são armazenadas como gordura para permitir que durmam por meses durante os meses de inverno.

Eles teriam que comer até 100.000 calorias por dia para obter energia o suficiente para sobreviver. Para entender como isso é colossal, é o equivalente a comer 41 pizzas todos os dias.

Eles foram beneficiados por uma população recorde de salmão que inundou os rios do Parque Nacional de Katmai para ser comido por ursos famintos.

Veja também: Família fez um piquenique tranquilo e agradável com um urso selvagem

O recorde anterior de salmão sockeye nadando no rio Naknek foi estabelecido em 1991 com cerca de 3,5 milhões. Em meados de julho, já havia 3,4 milhões de sockeye subindo o rio. Sem dúvida, o 747 e seus concorrentes ficaram muito felizes ao ver o excesso de peixes.

Ele está concorrendo à Fat Bear Week há meia década e os especialistas acreditam que ele e 32 estarão de volta para batalhar com os outros ursos no próximo ano.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte:Lad Bible

ANÚNCIO