Guardiões do zoológico de Chester ficam surpresos com o raro orangotango que nasce sem qualquer aviso

ANÚNCIO

Um raro bebê orangotango nasceu no Chester Zoo, para grande surpresa das pessoas que cuidam dos animais.

Os tratadores do zoológico não tinham ideia de que o primata em perigo crítico estava mesmo no horizonte, porque eles fizeram vários testes de gravidez na mãe do bebê que deram resultados negativos.

ANÚNCIO

Isso significava que os especialistas em vida selvagem não tinham ideia de que Leia, a orangotango, estava grávida até sua nova cria chegar inesperadamente.

Espécie em extinção

São notícias fantásticas, por vários motivos, mas principalmente porque o orangotango de Bornéu é um dos animais mais raros do mundo e também um dos que mais corre o risco de extinção.

Segundo os especialistas, isso se deve à destruição de seu habitat, bem como à conversão de sua casa em plantações insustentáveis ​​de dendê e à caça ilegal.

ANÚNCIO
Crédito: Chester Zoo
Foto: (reprodução/internet)

Como tal, as estimativas sugerem que pode haver pelo menos 55.000 orangotangos de Bornéu remanescentes na natureza em sua ilha natal, que é o único lugar onde eles são encontrados.

O que torna esta ocasião ainda mais digna de comemoração.

O guardião dos primatas do Chester Zoo, Chris Yarwood, disse: “Os testes de gravidez que realizamos em Leia nos meses anteriores ao nascimento deram resultados negativos. Portanto, foi uma surpresa maravilhosa chegar uma manhã e vê-la embalando protetoramente um lindo recém-chegado.”

Leia gosta de passar muito tempo sozinha com seu bebê e até agora tem sido bastante tímida em exibi-lo.”

Boa mãe

“Ela sempre o mantém bem perto dela e por isso ainda não fomos capazes de determinar claramente o sexo do bebê.”

“O que temos certeza é que o bebê está brilhante, alerta e mamando bem da mãe e tem se desenvolvido bem nos últimos meses.”

Este é o segundo bebê de Leia – ela é uma ótima mãe e está fazendo um ótimo trabalho mais uma vez.”

Crédito: Chester Zoo
Foto: (reprodução/internet)

“Chester é um dos poucos zoológicos da Europa que cuida dos orangotangos de Bornéu e Sumatra. Esses são animais criticamente ameaçados de extinção e, mais importante, vimos bebês de ambas as subespécies nascidos recentemente.”

Ele acrescentou: “Isso só mostra que, apesar de todas as incertezas no mundo agora, a vida está continuando normalmente para os orangotangos, o que é realmente edificante de se ver.”

O Dr. Nick Davis, vice-curador de mamíferos do zoológico, disse: “Os orangotangos de Bornéu são os maiores mamíferos arbóreos do mundo e a rapidez com que seu número está despencando é assustadora.

Leia também: O comércio de animais selvagens precisa de restrições mais rígidas para evitar futuras pandemias

Bebê trouxe esperança

“Esses animais magníficos estão sendo empurrados para o limite da existência e realmente pode ser o caso de que em breve os perderemos para sempre.”

É absolutamente vital, portanto, que haja uma população sustentável de orangotangos de Bornéu nos zoológicos progressivos do mundo – cada adição ao programa europeu de reprodução de espécies ameaçadas de extinção é muito, muito importante.”

“Ainda há uma grande necessidade de combater o desmatamento excessivo em Bornéu e mostrar às pessoas em todos os lugares que elas podem fazer a diferença para a sobrevivência a longo prazo dos orangotangos.”

“Nós realmente esperamos que o novo bebê de Leia ajude a destacar como as escolhas simples do dia a dia, como escolher produtos que contenham apenas óleo de palma de origem sustentável, podem ter um impacto enorme no futuro desses animais notáveis.”

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte:Lad Bible

ANÚNCIO