Stranger Things e a força de uma mulher

ANÚNCIO

A Joyce Byers é interpretada pela atriz Winona Ryder e é uma das personagens principais da série Stranger Things. Trata-se de uma mãe solteira que passa por diversas situações complicadas e inusitadas dentro da história, e ainda assim consegue se manter firme se revelando uma mulher incrivelmente forte e sensível ao mesmo tempo.

Ela leva uma rotina muito parecida com a de muitas mulheres. Trabalha como balconista em uma loja e cuida da casa e dos dois filhos. Um adolescente chamado Jonathan e Will um garotinho que é sequestrado por um monstro e precisa ser forte para enfrentar aquela situação da melhor maneira possível.

ANÚNCIO
Fonte: Imagem Internet

Com a ajuda de muitos personagens importantes como os amigos de Will: Mike, Lucas e Dustin. Joyce ainda conta com o apoio do xerife da cidade o Jim Hopper que a apoia, dentro de um contexto em que ninguém acreditava ser possível existir um monstro real chamado Demogorgon e um mundo invertido comandado por ele.

Dentro desse contexto, Joyce se revela como uma personagem apaixonante devido a diversas características que ela possui e que podem servir de inspiração para a nossa conduta diária. Conheça algumas características da Joyce que fazem com que ela seja uma personagem tão Especial:

Zela pelo bem estar da família

Joyce é uma mãe zelosa. Ela cuida da casa, da alimentação, da vida escolar e emocional dos filhos, se revelando muito próxima a eles. Dentro desse contexto, ela está prestes a viver uma situação que representa um pesadelo para muitas mães, o seu filho mais novo Will Desaparece.

ANÚNCIO

Só o desaparecimento já é algo terrível, no entanto, ela precisa lidar com algumas questões surreais em que é necessário um extinto de mãe muito aguçado para conseguir distingui-los. Will é sequestrado por um monstro chamado Demogorgon que o leva para um lugar chamado mundo invertido. Trata-se de um lugar muito parecido com o mundo real em que eles vivem só que em outra dimensão.

Uma das cenas clássicas de stranger things , é quando a Joyce pega algumas luzes de natal e perdura em uma parede com uma letra do alfabeto próximo a cada uma das luzes. Isso acontece porque em um momento de desespero e amor ao filho, ela entende que ele está “próximo” e que estava tentando se comunicar através das luzes.

Fonte: Imagem Internet

Depois desse episódio, ficou claro para a Joyce que o seu filho estava vivo mas não estava muito bem. A partir daí ela luta com todas as forças para conseguir encontrar e recuperar o seu filho. Dentro desse contexto, ela ainda tem que lidar com o estado emocional do seu filho mais velho que fica um pouco abalado. Ela faz isso com tanta maestria que em um dado momento ele se transforma em um importante aliado na busca por Will.

Destemida

Existem diversas situações na série, em que a personagem enfrenta perigos físicos e desconfiança por parte das pessoas. Em um dado momento na série, realmente acreditamos que ela está ficando “louca”, devido a sua incrível coragem. No entanto, mais tarde é possível notar que se não fosse a coragem da Joyce ela nunca teria conseguido libertar o seu filho.

Quem acompanha a série entende que estamos falando aqui de uma coragem que sai dos  padrões. Os perigos enfrentados pela Joyce são incrivelmente inusitados. Muitos de nós provavelmente não conseguiríamos enfrentar determinadas situações com tanta garra.

Segue a intuição

Muitas vezes, não seguimos a nossa intuição por acreditarmos que é “coisa da nossa cabeça”. No caso da Joyce, é possível avaliar que as vezes a nossa intuição por mais “louca” que pareça pode estar certa. Com o passar dos episódios é possível notar que Joyce se mostra cada vez mais sensitiva e ativa.

Ela vai percebendo que agir dessa forma está funcionando. Afinal de contas ela consegue encontrar e salvar o seu filho. Através disso ela aflora, descobrindo seus gostos e sonhos e se libertando daquela imagem engessada da mãe solteira que faz de tudo pelos seus filhos.

A cada temporada da série é possível observar o crescimento da personagem nesse sentido.Ela não perde muitas das suas características iniciais, a sensação para quem acompanha a personagem, é que ela consegue evoluir dentro das suas características e personalidade. Observar isso é muito bom.

Sabe se reinventar

Além de algumas características que já apontamos aqui, Joyce consegue quebrar diversas barreiras no decorrer da história. Uma dessas barreira era a questão dos relacionamentos interpessoais e amorosos. Ela era muito fechada a possibilidade de conhecer pessoas novas e em confiar nelas.

Fonte: Imagem Internet

Até que ela inicia um relacionamento amoroso, com uma pessoa super bacana que gosta e cuida dela o Bob Newby. Além disso, ela se abre para uma amizade com o xerife da cidade o Jim Hopper e fica mais próxima dos amigos do filho dela que são: Mike, Lucas, Dustin e mais tarde a Eleven, além de ficar próximas também das respectivas famílias.

O avanço da personagem se dá pelo fato dela ser muito sozinha e quando começa a se envolver com essas pessoas, o seu humor e personalidade mudam bastante. A auto estima dela se eleva também, além da confiança e entusiasmo diante dos desafios da vida.

ANÚNCIO