Stephen King revela uma ideia para um romance que ele nunca escreveu

Stephen King revela uma ideia para um romance que ele nunca escreveu

Stephen King revelou que teve uma ideia para um romance baseado em Jason Voorhees, o serial killer sobrenatural da franquia sexta-feira 13, e chamou isso de “a melhor ideia de romance que nunca escrevi”.

King, que escreveu muitas histórias clássicas de horror, incluindo The Shining, Carrie, Pet Semetary e IT, afirmou no Twitter na noite de domingo que tinha uma ideia para um livro chamado ‘I, Jason’.

O romance seria contado a partir da perspectiva de Voorhees, enquanto ele vive seu aparentemente interminável ciclo de morte e renascimento em Camp Crystal Lake, onde é inevitavelmente frustrado por um grupo de adolescentes, mas não antes de matar alguns com o facão de marca registrada.

Stephen King não escreverá a ideia que teve

Infelizmente, King, 72 anos, admitiu que provavelmente nunca escreverá essa história, mas a resposta no Twitter indicaria que muitas pessoas querem lê-la.

ANÚNCIO

Houve 12 filmes na sexta-feira 13, com a iteração mais recente de 2009 sendo efetivamente uma reinicialização.

No entanto, como King destacaria, haveria grandes problemas legais na produção do livro, pois os direitos da franquia mudaram várias vezes ao longo de sua história.

Os oito primeiros filmes foram feitos pela Paramount antes de serem comprados pela Warner Bros e sua divisão New Line Cinema.

Mas a Warner Bros trocou alguns dos direitos de volta à Paramount em troca de alguns outros títulos, tornando isso uma dor de cabeça legal com a qual King talvez não queira se envolver.

King parecia interessado em Blumhouse fazendo um filme do romance, se ele já estivesse escrito. Blumhouse é o estúdio de produção por trás de muitos filmes de terror modernos aclamados, como Get Out, The Purge, The Invisible Man e Paranormal Activity.

Fonte: Indy 100

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo.

ANÚNCIO