Regras para bagagens de mão em voos nacionais

A fiscalização de bagagens aéreas já estão em vigor, e as regras passaram a ficar mais rígidas este ano. O período de julho é um dos mais movimentados nos aeroportos espalhados por todo o país, isso porque além das férias escolares, muitas pessoas optam por tirar recesso. Por isso, é necessário estar atento às mudanças ocorridas.

Desde que o despacho das malas começou a ser cobrado, os passageiros estão levando cada vez mais bagagens de mão, contudo, maiores e mais pesadas do que o estipulado que é de 10 kg. Devido a isso, foi adotado um novo método para aumentar o controle na fiscalização do tamanho das malas.

Qual deve ser o padrão das bagagens?

No setor de embarque, os passageiros terão que passar por uma triagem de malas, onde haverá uma caixa com as medidas exigidas para que a bagagem possa ser levada dentro do avião. O passageiro deverá colocar a mala dentro dessa caixa para atestar se está dentro das medidas permitidas, caso ultrapasse, será necessário voltar ao check-in para fazer o despacho e pagar o valor estipulado pela companhia aérea.

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (AITA) têm um padrão de dimensões da bagagem. Todas devem ter 35 centímetros de largura, 55 centímetros de altura — contando com alças, bolsos e rodinhas — e 25 centímetros de profundidade. Fique atento a essas medidas para evitar complicações no momento de sua viagem.

Quais são os itens permitidos na bagagem de mão?

É recomendável levar consigo na bolsa ou mochila objetos pessoais, como, dinheiro, documento, e remédios. Aqueles que necessitam de alguma medicação específica com uso de seringa e agulha, é preciso que estejam identificados com a marca do fabricante, indústria ou receita médica.

ANÚNCIO

Câmeras fotográficas, chaves, aparelhos eletrônicos, celulares e etc, também é recomendado que sejam levados na bolsa que irá junto com o passageiro na cabine do avião. Já na bagagem que será colocada no maleiro do avião, são permitidos, lixa de unha metálica sem ponta perfurante, aparelhos de barbear e tesouras com pontas arredondadas, isqueiro com gás, ou fluido, cosméticos como batom, protetor labial e desodorante, canetas lapiseira, etc.

Todos esses objetos são permitidos desde que não exceda o valor estipulado pelas companhias aéreas.

Objetos não permitidos

Entre os objetos não permitidos na bagagem de mão estão, os perfurantes ou cortantes como, por exemplo, tesouras com lâmina que ultrapasse 6 centímetros, canivetes, e quaisquer itens pontiagudos.

Todos esses podem ser levados para a viagem, porém, na mala despachada. Existem algumas restrições para líquidos e géis, estes, só podem ser transportados em embalagens plásticas de até 1 litro e não podem exceder 100 ml. Alimentos líquidos para bebês também estão incluídos nessa regra.

ANÚNCIO