Polícia de Detroit defende policial que atirou e matou cachorro

ANÚNCIO

A polícia de Detroit defendeu um policial que atirou e matou um cachorro através de uma cerca em seu jardim.

O vídeo perturbador mostra um cachorro branco de tamanho médio correndo atrás de uma cerca de jardim e seguindo um policial e seu K-9 do outro lado. À medida que se aproximam do fim do jardim, os dois animais começam a lutar (através da cerca).

ANÚNCIO

Segundo relatos, o cão branco prendeu as mandíbulas em torno do nariz do cão policial. Em resposta, o policial sacou uma arma e atirou no rosto do cachorro branco.

Polícia lamenta ocorrido

“É uma pena que tenha chegado a este ponto, não gostamos de ver nenhum animal ferido. Adoro cães, tenho vários cães, tenho a responsabilidade de proteger o público dos meus animais, como qualquer outra pessoa.”

Postando o vídeo no Instagram, a Animal Hope and Wellness Foundation escreveu: “Isso aconteceu em Detroit, com imagens sendo capturadas por um sistema de câmera doméstica. O vídeo é extremamente perturbador – que mostra a polícia de Detroit atirando no rosto de um cachorro e matando-o.

ANÚNCIO

Crédito: Instagram / animalhopeandwellness

“No vídeo, o cachorro está latindo através da cerca para os policiais e cães policiais. O policial saca sua arma, pois o cachorro parecia estar agarrado ao focinho ou rosto de seu cachorro através da cerca. Em vez de tentar separá-los, ele atira o cachorro na cabeça.”

ONG pede que policial seja responsabilizado

“O oficial responsável pelo ato deve ser responsabilizado. Por favor, expresse sua preocupação e ligue para a delegacia e para o escritório do prefeito de Detroit exigindo justiça.”

Como resultado de ser mordido pelo cão branco, o K-9 sofreu ferimentos extensos, incluindo um grande rasgo na pele de seu focinho superior e feridas de punção em sua mandíbula superior. O cão passará por testes e avaliações para determinar se ainda está apto para servir à polícia.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte:Lad Bible

 

ANÚNCIO