Parlamento britânico fará investigação dos royalties de streaming do Spotify, Apple e outros

ANÚNCIO
Music Streaming Revenue placeholder
Foto: reprodução/internet

O Parlamento britânico está iniciando uma investigação sobre os serviços de streaming e se os artistas são pagos de forma justa pelo Spotify, Apple Music, Amazon, Google Play e outros, de acordo com um anúncio na sexta-feira.

Julian Knight, presidente do comitê do departamento de Digital, Cultura, Mídia e Spot disse que o crescimento do mercado de streaming “não pode acontecer às custas de artistas talentosos e menos conhecidos”, de acordo com a BBC. O anúncio afirma que, no Reino Unido, o streaming de música “traz mais de £ 1 bilhão em receita, com 114 bilhões de streams de música no ano passado; no entanto, os artistas podem receber apenas 13% da receita gerada”.

ANÚNCIO

O comitê lançou um apelo aberto à apresentação de provas no site do Parlamento, com prazo até 16 de novembro. O inquérito começará naquele mês e está buscando “as perspectivas de especialistas da indústria, artistas e gravadoras, bem como as próprias plataformas de streaming. ”

Veja também: Melhores jogos gratuitos para console e PC em outubro de 2020 da Blizzard and Epic Games

Questões abordadas na investigação

As perguntas nos termos de referência incluem:
• Quais são os modelos de negócios dominantes de plataformas que oferecem streaming de música como um serviço?
• Os novos recursos associados às plataformas de streaming, como curadoria algorítmica de música ou listas de reprodução da empresa, influenciaram os hábitos do consumidor, gostos, etc?
• Qual foi o impacto econômico e as implicações de longo prazo do streaming na indústria musical, incluindo para artistas, gravadoras, lojas de discos, etc.?
• Como o governo pode proteger a indústria dos efeitos colaterais, como o aumento da pirataria de música? O Reino Unido precisa de um equivalente à Diretiva de Direitos Autorais?
• Existem modelos de negócios alternativos? Como as políticas podem favorecer modelos de negócios mais justos?

Embora os artistas muitas vezes falem de pagamentos de royalties baixos e aparentemente injustos de serviços de streaming, deve-se notar que os pagamentos são recebidos pelo detentor dos direitos, que geralmente é a gravadora, e são distribuídos ao artista depois que a gravadora e outras entidades tomam seus compartilhamentos.

ANÚNCIO

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Variety

ANÚNCIO