Homem anda no rio devido à quantidade de lixo acumulado

ANÚNCIO

Todos nós já vimos um carrinho de compras em um canal – mas que tal um rio inteiro cheio de lixo até a borda?

Tanto que alguém é literalmente capaz de atravessar tudo – em vez de afundar na água.

ANÚNCIO

Imagens chocantes mostram o momento em que o homem conseguiu ‘andar sobre as águas’ devido à enorme quantidade de lixo que havia se acumulado em um rio que corta um parque natural da floresta tropical brasileira.

Rio é altamente poluído

O lixo foi localizado no rio Sarapui, no estado do Rio de Janeiro, sudeste do Brasil.

Imagens do sujeito descalço simplesmente caminhando sobre o lixo lotado foram capturadas na manhã de 6 de Novembro.

ANÚNCIO

As fotos mostram o sujeito não identificado enquanto ele se equilibra em plásticos, garrafas, latas, pedaços de madeira e vidro e outros materiais descartados.

O mar de lixo foi fotografado estendendo-se até o Parque Estadual do Mendanha, uma floresta de alta biodiversidade no estado do Rio de Janeiro, lar de jaguarundis, pacas de várzea e capuchinhos tufados.

Crédito: Newsflash
Foto: (reprodução/internet)

A área florestal foi designada como parque estadual em 2013, em parte para proteger os recursos hídricos da região.

O homem, que vestia camisa polo e bermuda, até acenou para a câmera que o fotografava de cima.

O rio Sarapuí corre por 36 quilômetros pelo estado do Rio de Janeiro. Muitas vezes transborda, devido à impermeabilidade do solo e redução do espaço para o escoamento da água, causando inundações.

É reconhecido pelas autoridades como altamente poluído e parte de um problema geral. Milhões de brasileiros não têm acesso a saneamento básico, principalmente na região de passagem do rio Sarapui.

Família que remove milhões de lixo

Parece que esta área precisa da ajuda de Tom Caddick e sua família, que removem milhões de toneladas de plástico e outros resíduos dos oceanos em todo o mundo.

Na década de 1960, o bisavô de Tom, Francis Caddick, de Liverpool, inventou um barco chamado Water Witch que retirava da água pedaços de plástico e outros detritos para que pudessem ser levados embora.

Cinquenta anos depois, o negócio da família ainda está forte.

Tom, seu pai e avô ainda ajudam nos negócios.  Crédito: Bruxa da Água
Foto: (reprodução/internet)

Em declarações ao LADbible no início deste ano, Tom disse: “Somos agora uma empresa familiar de quarta geração; a primeira Bruxa da Água foi inventada pelo meu bisavô.”

“Ele tinha uma empresa chamada Bootle Barge – era responsável por levar resíduos e cargas dos navios nas docas de Liverpool e transportá-los usando suas barcaças.”

“Ele inventou a Bruxa da Água porque sempre havia muito lixo nas docas e ninguém tinha métodos fáceis para removê-lo, então ele projetou um barco que pudesse lidar com todo o lixo com rapidez e facilidade, para manter as docas limpas.”

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte:Lad Bible

ANÚNCIO