Festival de Parintins – O evento que reuniu vários artistas

O grande Festival de Parintins é uma comemoração folclórica que acontece todo último final de semana de junho na floresta amazônica, mais precisamente em Parintins.

As festividades são de natureza popular, e encantam a plateia devido a sua diversidade de cores e criatividade, e pelas críticas sociais que o evento traz. São três dias de muito encanto e alegria embalados por um dos maiores espetáculos e neste ano completará a sua 54° edição.

História do Festival de Parintins

O Festival de Parintins existe desde 1964, mas apesar do longo tempo de existência não havia competições durante os festivais, apesar de o público já se dividir entre torcidas. As festividades ocorrem no Bumbódromo, Centro Cultural e Esportivo Amazonino Mendes, estádio com capacidade para 35 mil pessoas.

O festival tem como principal atração as apresentações que são feitas por grupos que apresentam ao longo de três dias o resultado dos seus trabalhos que abordam temáticas ligadas a ritos e histórias, tanto de nativos quanto de moradores às margens do rio.

São utilizados carros e uma série de elementos que buscam trazer vivacidade e encanto aos espectadores. O evento é um dos maiores festivais que retratam a cultura folclórica brasileira, desbancado apenas pelo carnaval. Todos os preparativos para o evento acontece até dois meses, com as montagens dos carros alegóricos, os intensos ensaios e a produção das fantasias.

ANÚNCIO

Grupos participantes do Festival de Parintins:

Boi Caprichoso

Entre os participantes desse grande evento há o grupo “Caprichoso” que abordou neste ano o tema “Um canto de esperança para Mátria Brasilis” um canto que instiga o povo brasileiro ao empoderamento e luta na construção de um país melhor e justo para todos.

A crítica trazida pelo grupo, aborda questões relacionadas a dolorosa miscigenação dos brasileiros, que apesar de ser romantizada por parte da população ocorreu por meio de violências e uma série de abusos. Todas as abordagens são embasadas em uma série de pesquisas realizadas pelo Coordenador do Conselho de Arte, Ericky Nakanome.

Boi Garantido

A grande campeã deste ano foi a Associação Folclórica, Boi Garantido, o grupo, já conquistou 31 títulos ao longo de sua trajetória. Este ano, para dar continuidade ao seu legado, trouxe uma temática intitulada de “Nós, o povo” e abordou temas como alegria, liberdade e luta, exaltando as qualidades do povo brasileiro.

Além disso, a apresentação reverenciou a história do Boi Garantido, os rituais tribais e as lendas amazônicas. O grupo trouxe um espetáculo de cores em vermelho e branco proporcionando um verdadeiro show de cultura folclórica.

Um festival que atrai cada vez mais turistas

O festival está ganhando cada vez mais visibilidade entre os brasileiros, principalmente porque diversos artistas foram prestigiar os grupos e se encantar com a grande festividade folclórica amazonense.

O evento contou com a presença de famosos que divulgaram em suas redes sociais o espetáculo presenciado. De acordo com o Diretor do Departamento de Patrimônio Imaterial (DPI-Iphan) O reconhecimento do público é muito importante para valorizar cada vez mais o trabalho daqueles que constroem a manifestação cultural.

ANÚNCIO