Elon Musk diz que seu chip Neuralink permitirá transmitir música para o seu cérebro

ANÚNCIO

Elon Musk disse que seu novo chip cerebral Neuralink permitirá aos usuários ouvir música enviando-a diretamente para o cérebro.

O chefe da SpaceX e da Tesla partiu para seu novo empreendimento, que envolve uma interface cérebro-computador que terá várias funções.

ANÚNCIO

Neuralink é a sua nova empresa de tecnologia, e ele deu algumas informações no Twitter nos últimos dias.

Inovação tecnológica

Ao responder ao cientista da computação Austin Howard, Musk confirmou que a tecnologia em que ele está trabalhando permitirá que as pessoas ‘ouçam música diretamente de nossos chips [do cérebro Neuralink]’.

Elon Musk diz que seu chip Neuralink permitirá transmitir música para o seu cérebro

ANÚNCIO

Ele também afirmou que o Neuralink “poderia ajudar a controlar os níveis hormonais”, dizendo que isso poderia ser usado em nossa vantagem para coisas que incluem “habilidades aprimoradas e alívio da razão e da ansiedade”.

A Neuralink foi fundada em 2016 e realizou apenas uma grande apresentação pública sobre como a tecnologia realmente funcionará, com mais informações sendo esperadas em 28 de Agosto.

Em um evento realizado em 2019, Musk disse que sua nova empresa está trabalhando no que ele chamou de dispositivo “semelhante a uma máquina de costura”.

Musk disse que o dispositivo fornece uma conexão direta entre um chip que seria inserido no cérebro e um computador.

Dizem que a tecnologia poderia ser usada inicialmente para ajudar pessoas com doenças cerebrais, incluindo Parkinson, mas o objetivo seria permitir que os humanos competissem com a inteligência artificial avançada.

Na semana passada, outro usuário do Twitter perguntou mais sobre suas capacidades.

Testes já foram iniciados

Pranay Pathole twittou: “O Neuralink pode ser usado para treinar novamente a parte do cérebro responsável por causar dependência ou depressão? Seria ótimo se o Neuralink pudesse ser usado para algo como dependência/depressão”.

Musk respondeu: “Com certeza. Isso é ótimo e aterrorizante. Tudo o que já sentimos ou pensamos são sinais elétricos.”

Ele disse que ajustá-lo seria como fazer uma cirurgia ocular a laser.

A empresa deve ter uma campanha de recrutamento porque no fim de semana ele fez um pedido para que qualquer pessoa com experiência em wearables considere ingressar na empresa.

Ele twittou: “Se você resolveu problemas difíceis com telefones/dispositivos vestíveis (vedação, processamento de sinais, carregamento indutivo, gerenciamento de energia etc.), considere trabalhar na Neuralink”.

Os testes da nova tecnologia já começaram em animais, com testes em humanos programados para acontecer ainda este ano, embora não tenham sido divulgados exatamente quando.

Crédito: Youtube / Neuralink

Mais informações serão anunciadas em 28 de Agosto.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Lad Bible

ANÚNCIO