Coreia do Norte está construindo dois novos submarinos capazes de disparar mísseis balísticos mortais

ANÚNCIO

A Coreia do Norte está construindo dois novos submarinos capazes de disparar mísseis balísticos, foi relatado.

Isso acontece depois que Kim Jong revelou novos mísseis em um desfile no mês passado.

ANÚNCIO

A televisão estatal começou a transmitir no mês passado imagens de um desfile militar que as autoridades sul-coreanas disseram ter ocorrido antes do amanhecer.

Jong afirma que nenhum norte coreano pegou coronavírus

O líder norte-coreano disse em um discurso que estava “grato” por nenhum de seus cidadãos ter contraído Covid-19 e que a doença não poderia ser evitada “sem socialismo”.

Ele também afirmou que o desfile mostraria o poder militar do país, já que a Coreia do Norte exibiu mísseis balísticos no evento pela primeira vez desde 2018, informou a agência de notícias sul-coreana Yonhap.

ANÚNCIO
Coreia do Norte está construindo dois novos submarinos capazes de disparar mísseis balísticos mortais
Foto: (reprodução/internet)

O 75º aniversário, celebrado com uma série de concertos e festivais, foi observado de perto em toda a região, visto que foi visto como um evento onde o líder Kim Jong-un poderia entregar mensagens para o público nacional e estrangeiro.

Por semanas, imagens de satélite comercial mostraram milhares de soldados norte-coreanos praticando marcha.

Novo míssil balístico intercontinental

E autoridades sul-coreanas disseram que o Norte poderia usar o desfile para revelar um novo míssil balístico intercontinental (ICBM), ou um novo míssil balístico lançado por submarino.

Foi a primeira vez que o desfile aconteceu na madrugada e esperava-se que Kim comparecesse, disse uma fonte militar à Reuters.

Autoridades sul-coreanas disseram no mês passado que Kim poderia usar o evento como uma demonstração de poder de “baixa intensidade” antes da eleição presidencial dos EUA hoje, já que as negociações de desnuclearização com Washington foram paralisadas.

Em Agosto, Kim disse em uma importante reunião do Politburo que as celebrações do aniversário devem ser “preparadas no melhor nível e com um estilo peculiar como um grande festival político“.

Diplomatas estrangeiros em Pyongyang costumam ser convidados para observar as celebrações anteriores.

Ordem de ficar em casa e fechar as janelas

Sobre a questão do coronavírus na Coréia do Norte, Kim ordenou que os norte-coreanos permanecessem em suas casas por temer que “poeira amarela” da China pudesse estar espalhando o coronavírus – deixando as ruas “vazias”, afirmou.

Coreia do Norte está construindo dois novos submarinos capazes de disparar mísseis balísticos mortais
Foto: (reprodução/internet)

O déspota tem afirmado consistentemente que o Reino Eremita ainda não registrou nenhum caso de Covid-19, apesar da pandemia em curso ter visto mais de um milhão de pessoas mortas em todo o mundo.

Na quarta-feira, a mídia estatal do país transmitiu segmentos meteorológicos especiais alertando sobre o suposto fenômeno, que alegou que chegaria no dia seguinte.

O Ministério das Relações Exteriores da República Popular Democrática da Coréia teria dito a missões diplomáticas e outras organizações internacionais que “recomenda fortemente” que fiquem dentro de casa e “fechem bem” todas as janelas durante o dia.

“Como nos foi dito, essas medidas se devem ao fato de que Covid-19 pode ser introduzida no território da RPDC junto com as partículas de ‘poeira amarela’”, escreveu a embaixada russa em Pyongyang no Facebook na quinta-feira.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Mirror

ANÚNCIO