Concurso TRT 2019 para técnico e analista judiciário

Os TRTs (Tribunais Regionais do Trabalho) são alguns dos órgãos que mais realizam provas e concursos públicos em todo Brasil. Isso porque cada estado tem seus funcionários, suas demandas e cadastro de reserva. Assim, para 2019 há expectativa de que novos concursos de TRT aconteçam.

E entre os cargos mais buscados nesses concursos estão o de técnicos (especialmente na área administrativa e da tecnologia/segurança, além dos analistas da área judiciária). Por isso, trouxemos algumas informações importantes sobre essas funções, as provas e as inscrições.

As provas objetivas

Uma das etapas do concurso público é a execução de provas objetivas, que são aqueles famosos testes teóricos que acontecem em sala de aula e com um caderno de perguntas e respostas. As provas objetivas, quase sempre, fazem toda a diferença para saber quais são os melhores colocados no concurso.

Assim, as provas do concurso TRT são divididas conforme os cargos. Por isso, separamos os 3 principais cargos de técnicos e de analistas, considerando os eventos passados e o que deve acontecer nos próximos concursos, inclusive, em 2019.

I – Técnico na Área Administrativa

As últimas provas realizadas foram com 60 questões, sendo que 20 delas eram para conhecimentos gerais (peso 2) e as outras eram de conhecimentos específicos (peso 1). As 20 gerais eram formadas por questões de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, além da redação.

ANÚNCIO

II – Técnico na Área da Tecnologia e Segurança

Para esses cargos, a prova tinha 60 questões também, sendo que 30 eram de conhecimentos gerais (peso 1) e as outras 30 de conhecimentos específicos (com peso 2). Os mesmos temas da área administrativa caíram na prova, com a adição de direito constitucional e direito administrativo.

III – Analista na Área Judiciária

Como o técnico da administrativa, aqui também foram 60 questões, sendo a maioria (40) para a área de conhecimentos específicos (peso 3) e a outra parte (20) para conhecimentos gerais (peso 1). Os temas foram: português, matemática, raciocínio lógico, direito do trabalho, direito processual, direito civil, direito constitucional e direito administrativo.

Os salários e as inscrições

Para os novos editais que saírem, os candidatos vão precisar ficar atentos aos salários. Agora, se os valores se mantiverem com base nos últimos concursos, saiba que um técnico judiciário tem uma remuneração que ultrapassa os R$ 8 mil. Já os técnicos de tecnologia e segurança recebem pouco mais de R$ 9 mil.

Do lado dos analistas judiciários, com base em valores propostos em 2018, o salário deverá ser de mais de R$ 13 mil mensais. Isso tudo sem contar os benefícios que são de direito dos servidores públicos, como aqueles previstos em carteira de trabalho.

Se você se interessou por esses cargos e quer saber como fazer a inscrição para os concursos do TRT, considere que cada estado tem a sua banca organizadora e é ela que faz o lançamento dos editais, assim como passa as informações como vagas, cargos, salários, provas, datas.

Portanto, uma boa dica é ficar de olho no Tribunal Regional do Trabalho do seu estado para saber qual foi a banca escolhida. Depois, é só buscar informações nessa organização. 

ANÚNCIO