Uma companhia aérea ofereceu às pessoas um ‘voo para lugar nenhum’ e esgotou em apenas 10 minutos

ANÚNCIO

Uma companhia aérea ofereceu às pessoas um 'voo para lugar nenhum' e esgotou em apenas 10 minutos

Em 1985, Talking Heads cantou sobre ‘Road to Nowhere’, mas não temos certeza se já ouvimos falar de ‘Flight to Nowhere’.

ANÚNCIO

Bem, porque 2020 é um ano realmente estranho, um voo real para lugar nenhum está acontecendo e os bilhetes já se esgotaram – apenas 10 minutos após serem colocados à venda.

A companhia aérea australiana Qantas está oferecendo às pessoas essa experiência única, que é essencialmente um voo panorâmico de sete horas que começa em Sydney, Austrália e termina em Sydney, Austrália, mas permite que os passageiros vejam alguns dos locais inspiradores do país, como Ayers Rock e a Grande Barreira de Corais, tudo isso dentro das restrições de viagem da pandemia da Austrália.

Veja também:  Nova teoria sugere máscara facial para produzir imunidade secundária contra COVID-19

O voo de venda mais rápida da história

Um porta-voz da Qantas disse:

ANÚNCIO

“É provavelmente o voo de venda mais rápida da história da Qantas. As pessoas claramente sentem falta das viagens e da experiência de voar. Se houver demanda, definitivamente procuraremos fazer mais desses voos panorâmicos enquanto todos esperamos a abertura das fronteiras.”

O voo, em um Boeing 787, decolará em 10 de outubro e custará aos passageiros entre US $ 575 (£ 445) e US $ 2.765 (£ 2.145).

A aeronave foi comprada originalmente para transportar pessoas sem escalas da Austrália para o Reino Unido, mas isso obviamente não vai acontecer tão cedo.

Outro de seus chamados ‘voos alegres’ permitirá que os passageiros voem de Melbourne à Antártica por US $ 1.199 (£ 656).

Embora grande parte desse voo seja sobre o mar, assim que o avião estiver sobre a Antártica, aqueles a bordo poderão se mover para ter uma visão melhor do continente gelado.

Qantas | LinkedIn

Um porta-voz da Qantas adicionou:

“Enquanto estiver na Antártica, a maioria dos passageiros se levanta de seus assentos e se movimenta na aeronave, permitindo que todos a bordo tenham excelentes oportunidades de visualização.”

A aeronave voa em longas “cifras de oito” sobre vários pontos de interesse para permitir que essas vistas espetaculares sejam vistas de ambos os lados da aeronave.

Embora pareça uma ideia divertida e ainda permita que as pessoas “viajem” durante a pandemia, não podemos deixar de pensar que esta não é a abordagem mais ecológica para viagens aéreas, especialmente quando a crise climática está se tornando tópico mais prevalente do que nunca.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Indy 100

 

ANÚNCIO