Black Friday 2019 – 5 dicas para economizar dinheiro em compras online

No dia 29 de novembro, acontece a Black Friday e a promessa é de que tenha muitas promoções em produtos bem variados. Mas, sempre acontecem aquelas dúvidas sobre um item realmente estar barato ou se um site é confiável ou não. Será que é possível encontrar produtos com descontos em lojas online, sem sermos enganados? Como saber se o site é realmente confiável? 

Há maneiras que indicam essas características, como comparadores de preços, plataformas de cupons e ferramentas que ajudam a identificar uma “black fraude”. A seguir, preparamos uma lista com cinco dicas que podem auxiliar você no momento da compra a economizar dinheiro na Black Friday.

O evento, que já acontece há alguns anos aqui no Brasil, está de cara nova em 2019. As lojas decidiram investir mais em vendas online do que físicas. Isso pode ajudar o consumidor a garantir mais descontos e até mesmo economizar tempo na hora de fazer suas compras. Confira as dicas que preparamos para você!

black friday
Foto: (reprodução/internet)

Utilize comparadores de preço

Não só no período da Black Friday, mas também em qualquer data, é possível que algumas lojas ofereçam produtos com preços diferentes das lojas e-commerce. Sendo assim, uma das formas mais simples de encontrar o valor mais em conta de cada produto é conferindo os preços em diversas lojas. 

Hoje não há mais necessidade de você entrar em um site de cada vez, ou se locomover até as lojas para realizar um orçamento. Com apenas alguns cliques você consegue obter todos os preços em um só lugar.

ANÚNCIO

Utilize sites como: JáCotei, Zoom, Reduza, Black Friday de Verdade. Essas são alternativas seguras disponíveis na internet para que você encontre os melhores históricos de preços. Alguns até possuem extensão de navegador para o Google Chrome. 

Sites com cashback (dinheiro de volta)

Esse é um sistema que oferta um alternativa criada para instigar o consumidor a fazer compras online e receber parte do valor gasto de volta. Geralmente, as lojas parceiras buscam e-commerces filiados ao site ou aplicativo para efetivar suas compras. 

Parte do valor que é gasto pode ser acumulado e resgatado para uma conta-corrente, assim que for definido um valor mínimo pela operadora ─ geralmente é necessário obter um cartão de crédito cadastrado para compras futuras.

Algumas empresas que trabalham com essa forma de venda são a Méliuz, Beblue, PicPay, Ame Digital, dentre outras. Para utilizar basta baixar o aplicativo do cliente que oferecer. 

O barato pode acabar saindo mais caro

Optar pelo menor preço de um produto, pode não ser a melhor alternativa. Geralmente, essa época do ano os golpistas tentam enganam os consumidores com ofertas fraudulentas.

Nesse caso, é possível que os criminosos se apropriem dessa campanha e criem sites ou e-mails falsos para roubar os dados bancários e aplicar golpes nos possíveis consumidores da Black Friday. 

Em alguns casos, os preços reduzidos podem indicar baixa qualidade dos produtos, por esse motivo é bom sempre olhar especificações e comentários acerca do item que deseja adquirir. 

Acompanhe as lojas e as marcas nas redes sociais

Apesar do dia oficial do Black Friday ser dia 29 de novembro, grande parte das lojas oferecem promoções ao longo de todo o mês. Em contrapartida, algumas optam por fazer promoções somente durante a semana que antecede o evento.

Há casos em que os descontos continuam até o final da realização do evento. Portanto, fique de olho nas redes sociais de todas as lojas que deseja acompanhar, geralmente eles postam as ofertas para divulgação. 

Black Friday de Verdade

Você já ouviu falar de uma plataforma que tem por objetivo ajudar os consumidores a aproveitar essa data da melhor forma possível? Se não, apresentamos a Black Friday de Verdade.

Esse site é uma iniciativa que contém diversos varejistas que assinaram um termo de compromisso e que se submetem a oferecer descontos reais. No site, você ainda encontra cupons e anúncios de lojas parceiras. 

A campanha ainda conta com uma extensão que identifica o acesso em anúncios para ofertar outros preços do mesmo produto.

ANÚNCIO