O uso de ar condicionado pode aumentar o risco de infecção por coronavírus

Segundo o último relatório do MSN Lifestyle, o ar condicionado pode aumentar o risco de mais infecções causadas pelo novo coronavírus.

Nos Estados Unidos, 5,4 milhões de aparelhos de ar condicionado foram fabricados em 2019 para se preparar para a temporada de verão deste ano. No entanto, especialistas dizem que não é o melhor momento para usar ACs, pois dois estudos descobriram que as partículas de COVID-19 podem se espalhar por ventilação, aquecimento e ar condicionado.

9 People Infected By COVID-19; Air-Conditioning Is The Main Cause Experts Say; Here's Why You Shouldn't Use AC!

De acordo com o relatório, a maioria das pessoas passa 90% de suas vidas em ambientes construídos, como carros, transporte público e edifícios, respirando o ar interno compartilhado e tocando superfícies potencialmente contaminadas.

“Os aparelhos de ar condicionado retiram e circulam o ar pela sala, e é através desse mecanismo que essas gotículas de coronavírus podem ser transmitidas”, disse Qingyan Chen, professor de engenharia mecânica da Universidade de Purdue.

Chen afirmou que as 700 pessoas em cada 3.000 passageiros da Diamon Princess Cruise Shop foram infectadas. “Após a quarentena, muitas pessoas ainda ficaram doentes no navio e eu suspeito que o sistema de ar condicionado possa desempenhar um papel lá”, disse ele.

ANÚNCIO

No entanto, outros especialistas estão céticos sobre o relatório. Meghan May, epidemiologista e professora da Faculdade de Medicina Osteopática da Universidade da Nova Inglaterra, disse que priorizar a distância física é mais importante do que se preocupar com o ar-condicionado.

“Ainda não estou convencido de que é uma preocupação. Mas, se for, diria que o ar condicionado é a menor das suas preocupações em transporte de massa ou apartamentos”, disse ela no relatório da Business Insider.

Nove pessoas infectadas por causa do ar condicionado em restaurante

De acordo com o MSN Lifestyle, um estudo descobriu que nove pessoas em um restaurante foram infectadas por causa do ar-condicionado que explodiu as gotículas de coronavírus.

O estudo foi publicado no Journal Emerging Infectious Diseases em 2 de abril, com foco nas causas infectadas em um restaurante localizado na China, que levantou preocupações sobre os fatores de risco da AC.

9 People Infected By COVID-19; Air-Conditioning Is The Main Cause Experts Say; Here's Why You Shouldn't Use AC!

Nove infecções em Guanzhou foram ligadas pelos pesquisadores a uma mulher de 63 anos. A maioria dos indivíduos infectados não teve contato direto com a mulher, mas eles se sentaram nas mesas perto dela. O estudo concluiu que o ar condicionado do restaurante soprou as partículas para infectar os outros indivíduos.

O relatório afirmou que a descoberta é alarmante, pois implica que o ar-condicionado pode aumentar o risco de contrair o vírus sem ter contato direto com um indivíduo infectado.

No entanto, também foi declarado que as gotículas provenientes da mulher infectada não se espalharam muito longe de sua posição; apenas 10 indivíduos de 83 clientes do restaurante foram infectados.

O estudo serve como um aviso para os restaurantes e outros estabelecimentos com amplos aparelhos de ar-condicionado que desejam abrir para o verão e tomar medidas de precaução para evitar a disseminação do vírus.

Fonte: Techtimes

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo.

ANÚNCIO