Saque emergencial: cadastro e saque

O valor do benefício emergencial foi anunciado há algum tempo para um grupo específico de brasileiros. Muitos dos que solicitaram já obtiveram seus cadastros aprovados, bem como já receberam a primeira parcela. 

O mês de maio corresponde ao recebimento dessa primeira quantia, por isso é importante estar atento ao calendário. Pois muitas vezes, a pessoa atende aos requisitos, têm sua solicitação aprovada, mas não saca o auxílio. 

Também existem casos de não saber como fazer o cadastro. Pensando nisso, separamos algumas informações sobre o auxílio emergencial. Se você que está lendo este artigo tem interesse em recebê-lo, confira. 

Saque emergencial: cadastro e saque

Saiba como fazer o saque emergencial dos valores que lhe são devidos. Com uma breve leitura é possível obter todos os dados importantes para fazer seu cadastro, solicitar o valor, bem como tê-lo em mãos. 

Como fazer seu cadastro ?

Antes de fazer o procedimento, é importante revisarmos os requisitos que precisam ser preenchidos para iniciar o requerimento. De acordo com informações fornecidas pelo site da Caixa Econômica, é necessário que o solicitante:

ANÚNCIO
  • Seja maior de idade, ou seja, pessoas com menos de 18 anos não estão autorizados a pedir os R$600;
  • Trabalhe informalmente, ou seja, não tenha carteira de trabalho registrada;
  • Não se beneficie de outros programas sociais do governo, salvo o Bolsa Família;
  • Esteja inserido em uma família, a qual cada integrante não receba mais da metade do salário mínimo,por mês.
  • Precisa ter inscrição no CadÚnico.
Saque emergencial: cadastro e saque

Alguns requisitos são alternativos, são eles: não estar empregado ou tratar-se de micro empresário individual, contribuir para a Previdência individualmente ou estar cadastrado no CadÚnico como empregado informal. 

Em relação ao faturamento mensal da família, ele pode ser somado como um todo, desde que o valor não ultrapasse três salários mínimos. É válido lembrar que só terão direito ao benefício a quantidade máxima de dois integrantes por família. 

Passo a passo

Existem duas formas de fazer o cadastramento, por meio do aplicativo da Caixa  Auxílio Emergencial ou pela página oficial do banco. Lembrando que se o interessado já for inscrito no Cadastro Único, ele não precisa fazer o tutorial que estamos disponibilizando. Pois o envio do valor é automático. 

Agora, se não possui a inscrição. O ideal é obter a aplicação ou usar este link que disponibilizamos para vocês. Na sua tela irá aparecer as seguintes informações: Realize sua solicitação ou acompanhe sua solicitação. Observe: 

Saque emergencial: cadastro e saque

Caso seja a primeira vez que faz o seu requerimento, se dirija ao campo laranja. Será disponibilizada uma espécie de declaração, a qual o solicitante deve confirmar todas as informações apresentadas. Feito isso, basta selecionar “Atendo às condições”.

Depois de ler atentamente essa página, dando prosseguimento para próxima etapa, o sistema irá requerer que preenche alguns dados. São eles nome, numeração do CPF, data de nascimento e nome da mãe. Veja: 

Saque emergencial: cadastro e saque

Outras informações serão solicitadas, colocando-as corretamente, e cumprindo o passo a passo o seu requerimento será concluído com sucesso. Aprovado o seu cadastro, estará habilitado para receber o auxílio.

Parcelas do Benefício  – Novas aprovações

O saque emergencial é organizado conforme a data de nascimento dos beneficiados. Por isso, atente-se ao preencher sua data de nascimento da etapa apresentada no tópico anterior. Os cadastramentos aprovados no começo do ano puderam resgatar o valor no mês de abril. 

Os donos dos pedidos aprovados recentemente, de acordo com o portal G1, puderam começar a resgatar o valor dia 19 de maio, mas apenas quem nasceu no mês de janeiro. A última data prevista para o recebimento da parcela nº 1 é 29 de maio, pelos aniversariantes de dezembro. 

A segunda parcela para os novos beneficiários será liberada para saque no mês de junho, dia 13. É válido informar que são três parcelas de beneficiamento. As pessoas que fizeram o requerimento primeiro, já estão recebendo a parcela nº 2. 

Não tenho conta na Caixa, e agora?

É verdade que contratantes do serviços Caixa recebem o valor do auxílio instantaneamente em suas contas. No entanto, quem não é cliente da instituição não precisa se preocupar. O banco desenvolveu a criação de uma conta digital para este público. Pode acessá-la através da instalação do app.

A aplicação a que nos referimos é Caixa Auxílio Emergencial, o mesmo que é utilizado para requerer o benefício, bem como acompanhar os calendários, parcelas, etc. Deixamos um vídeo abaixo com o passo a passo para utilizar esta conta

Atente-se

Infelizmente, aconteceu um atraso quanto ao pagamento da terceira parcela. A previsão era de que ela seria paga ao público que requereu antes, agora no mês de maio. No entanto, o governo ainda não anunciou uma nova data. Vamos aguardar para trazer mais informações.

ANÚNCIO