Quatro filhotes de tigre dourado extremamente raros nascem no zoológico da China

ANÚNCIO

Um zoológico na China deu as boas-vindas à chegada de quatro filhotes de tigre dourado extremamente raros.

Os filhotes – três fêmeas e um macho – nasceram em 19 de Outubro no Taihu Lake Longemont Paradise, um parque de diversões com um zoológico em Huzhou, na província oriental de Zhejiang.

ANÚNCIO

Em uma postagem nas redes sociais, o zoológico disse: “O tigre dourado é uma espécie de tigre mutante produzida pela mutação genética do tigre de Bengala.”

Tigres estão sendo cuidados até que pais mostrem afeto

“A taxa de reprodução é menor do que a de seus parentes próximos, o tigre branco e o tigre da neve, e há menos deles do que pandas.”

Crédito: Taihu Lake Longemont Paradise
Foto: (reprodução/internet)

Os filhotes estão recebendo cuidados 24 horas por dia dos tratadores, já que seus pais de primeira viagem ainda não demonstraram afeto por seus filhos devido à falta de experiência materna, de acordo com o Daily Mail.

ANÚNCIO

Para ser justo, porém, há muito mais relacionamentos mãe-filho no mundo dos grandes felinos.

Em outro zoológico, leoa comeu seus filhotes

No ano passado, o Zoológico de Leipzig, na Alemanha, estava comemorando depois que uma leoa deu à luz dois filhotes – a primeira vez que filhotes nasceram lá em 15 anos.

No entanto, o feliz desenvolvimento foi realmente arruinado quando a mãe, Kigali, inexplicavelmente decidiu comê-los.

Em um comunicado, o zoológico disse: “Nossos dois filhotes de leão estão mortos. Estamos chocados e tristes. Até a noite passada Kigali tinha feito tudo certo e cuidado de seu primeiro filho.”

Maren Huck, professora de ecologia comportamental animal na Universidade de Derby, disse que as leoas às vezes comem seus filhotes na natureza, embora seja uma ocorrência mais frequente em cativeiro.

Em declarações à CNN, ela disse: “Se os próprios filhotes se comportam de maneira estranha, isso pode ser uma razão para os animais comerem seus filhos.”

“Se o bebê não responde como um bebê deveria fazer, não é reconhecido como um bebê e, portanto, o instinto maternal não entra em ação.”

Crédito: Taihu Lake Longemont Paradise
Foto: (reprodução/internet)

“É mais provável em cativeiro porque há mais fatores que contribuiriam. É bem sabido que se os animais em cativeiro estão estressados, eles têm mais probabilidade de comer seus filhotes.”

Leia também: O zoológico do fenômeno Tiger King, da Netflix, foi fechado permanentemente

“Por outro lado, é menos provável que fiquem desnutridos em um zoológico. Na natureza, se uma fêmea não estiver em forma, é mais provável que coma seus filhotes.”

Então aí está, todo dia é dia de aula.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO