Ilha assustadora do Deadman no Reino Unido, cheia de restos humanos

ANÚNCIO

Uma ilha pouco conhecida, apelidada de Deadman’s Island, fica próxima ao rio Medway e está repleta de antigos restos humanos.

A ilha foi usada para enterrar os restos mortais de condenados que morreram a bordo de navios-prisão há mais de 200 anos.

ANÚNCIO

Naquela época, o governo da Grã-Bretanha despachava condenados de todo o mundo para as colônias penais na Austrália.

Local de descarte de corpos e caixões

Centenas de pessoas, geralmente pobres e normalmente doentes, foram amontoadas nos navios, que eram conhecidos como ‘hulks‘ da prisão, e eles poderiam rapidamente se tornar um criadouro de doenças.

Quando esses prisioneiros morreram, eles foram enterrados em sepulturas não identificadas, fora do caminho, para que as doenças infecciosas, geralmente a cólera, não se propagassem e causassem uma epidemia.

ANÚNCIO
Ilha assustadora do Deadman no Reino Unido, cheia de restos humanos
Foto: (reprodução/internet)

Mas agora, a mudança nas marés, junto com a erosão costeira, significa que há uma infinidade de fragmentos de ossos, crânios antigos e caixões de madeira saindo dos quase dois metros de lama que antes cobriam toda a área, relata Kent Live.

Ao lado dos restos humanos que se espalham pela ilha, há também uma área chamada ‘Baía do Caixão‘, que como o nome sugere, está cheia de caixões antigos.

E se isso não for assustador o suficiente para você, os moradores da área dizem que há contos folclóricos antigos de enormes cães de olhos vermelhos vagando pela ilha.

Ilha assombrada

A ilha é totalmente proibida para visitantes e é propriedade da Natural England, que afirma ser um local de interesse científico especial.

Deadman’s Island também é reconhecida como tendo importância internacional pela convenção de Ramsar.

A ilha assustadora apareceu no programa Inside Out South East da BBC em 2017, com elenco e equipe sendo os únicos visitantes a pisar na ilha em anos.

Ilha assustadora do Deadman no Reino Unido, cheia de restos humanos
Foto: (reprodução/internet)

O diretor Sam Supple disse ao The Sun na época: “É como estar no set de um filme de terror.”

“Parece tão surreal, é como se um departamento de arte o tivesse projetado. Há caixões abertos e ossos por toda parte.”

Enquanto a apresentadora Natalie Graham acrescentou: “O que eu vi lá ficará comigo para sempre.”

Veja também: Pequeno gambá pigmeu descoberto na ilha Kangaroo

Ilha assustadora do Deadman no Reino Unido, cheia de restos humanos
Foto: (reprodução/internet)

“Esta é uma visão realmente estranha. Eu imagino que não pode haver nenhum lugar na terra como este.”

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Lad Bible

 

ANÚNCIO