Homem preso por violar as leis da Covid-19 após cruzar o mar para visitar a namorada

Um homem escocês foi preso por violar as leis da Covid-19 depois de cruzar o mar da Irlanda em um jet ski para visitar sua namorada na Ilha de Man.

De acordo com a BBC, Dale McLaughlan, de 28 anos, foi preso por quatro semanas depois de admitir ter chegado ilegalmente à ilha, tendo viajado de Whithorn, na Escócia, para Ramsey, uma cidade que fica no norte da Ilha de Man.

Os promotores disseram que McLaughlan esperava que a viagem levasse 40 minutos na sexta-feira, mas acabou demorando quatro horas e meia.

Jornada de 40Km para chegar até namorada

De acordo com as leis atuais da Ilha de Man, os únicos não residentes autorizados a entrar são aqueles que receberam permissão especial.

McLaughlan tinha conseguido a permissão anteriormente para trabalhar como carpinteiro na ilha durante quatro semanas em setembro, sendo isolado durante 14 dias antes de encontrar sua namorada em uma noite.

Homem preso por violar as leis da Covid-19 após cruzar o mar para visitar a namorada
Foto: (reprodução/internet)

No entanto, Douglas Courthouse ouviu como os pedidos subsequentes de McLaughlan para retornar foram rejeitados.

De acordo com os promotores, ele comprou o jet ski e partiu para uma jornada de cerca de 40 quilômetros.

Homem burlou as leis e acabou preso

Quando ele chegou em Ramsey por volta das 13h da última sexta-feira, McLaughlan então caminhou mais 15 milhas (25 km) até a casa de sua namorada em Douglas.

O tribunal foi informado de que sua parceira acreditava que ele estava na ilha trabalhando há várias semanas.

No dia seguinte, McLaughlan deu à polícia o endereço dela como se fosse seu, antes que o casal fosse a duas boates movimentadas naquela noite.

A polícia então fez verificações de identificação e o prendeu na manhã de domingo.

Homem preso por violar as leis da Covid-19 após cruzar o mar para visitar a namorada
Foto: (reprodução/internet)

Sem maiores riscos para o público

Seu advogado de defesa disse no tribunal que ele sofria de depressão e não estava lidando com a situação sem poder ver sua namorada.

Penas, o subchefe Christopher Arrowsmith disse que McLaughlan potencialmente colocou a comunidade em risco ao fazer uma ‘ tentativa deliberada e intencional de circunavegar ‘ as restrições de fronteira, acrescentando que o ‘cuidadosamente planejad ‘ também o colocou ‘em risco muito real’ de dano.

Diretrizes no site do Governo da Ilha de Man descrevem um Quadro de Fronteiras, que é a ‘primeira linha de defesa da ilha contra a importação de níveis inaceitáveis ​​do vírus‘.

O relatório afirma que o governo acredita que provavelmente precisará de ‘alguma forma de restrição de fronteira’ por ‘algum tempo’.

Falando após a audiência, um porta-voz do governo disse que, após uma investigação, as autoridades de saúde pública estavam “satisfeitas” de que “não havia risco maior para o público”, de acordo com a BBC.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte:

Lad Bible