É isso o que acontece quando você come 2 ovos por dia. Impressionante!

Os ovos são essenciais na mesa de várias pessoas devido a sua grande quantidade de vitaminas e proteínas. Porém, nem sempre foi assim, a pouco tempo atras o ovo era considerado um alimento prejudicial para saúde daqueles que não deveriam ser consumidos com muita frequência, sendo considerado um dos principais responsáveis pelo aumento do colesterol no sangue.

Porém, essa crença foi desmentida graças a diversas pesquisas científicas que afirmam que o consumo moderado de ovos fornece ao corpo uma boa quantidade de nutrientes que são necessários para uma vida saudável.

Apenas um único ovo contém cerca de oitenta calorias, contém proteínas, colina, ferro e zinco (a maioria desses nutrientes está na gema). Vale lembrar que graças aos seus níveis de colina, o consumo de ovos em mulheres grávidas ou lactantes é muito importante, pois beneficia o feto no desenvolvimento do sistema nervoso e ajuda a prevenir defeitos congênitos. Por esse motivo, nós listamos abaixo alguns motivos para você incluir os ovos na sua dieta.

1. A Colina ajuda a proteger o seu cérebro

Ao consumir 2 ovos por dia, o nosso corpo acaba recebendo uma quantidade impressionante de nutrientes que ajudam em nossa memória.

2. A vitamina D ajuda na absorsão do cálcio

O ovo tem um alto teor de vitamina D. Isso ajuda o cálcio a ser absorvido e fortalece os ossos e os dentes.

3. Ele ajuda na visão graças à luteína

Os ovos possuem luteína que é responsável por uma visão mais clara, na falta dessa substância nossa função ocular se deteriora de forma irreversível.

4. As vitaminas B protegem a pele, os cabelos e o fígado

O complexo vitamínico B12 ajudam a deixar os cabelos mais fortes e ainda melhoram o aspecto da pele. Os fosfolípidos encontrados nos ovos são responsáveis por eliminar toxinas do fígado.

5. Reduz o risco de desenvolver doenças cardíacas

Contrariamente às opiniões anteriores, os ovos são equilibrados com os fosfátidos, portanto, não é ruim para o ser humano. Os ovos também contêm ácidos Omega-3 que reduzem o nível de triglicerídeos, o que ajuda a reduzir o risco de doença cardíaca.