10 antibióticos naturais mais poderosos conhecidos pela humanidade

A introdução de antibióticos no campo da medicina salvou inúmeras vidas, tornando infecções graves e potencialmente fatais em doenças comuns. No entanto, com os milhões ou bilhões de prescrições de antibióticos que os médicos fizeram ao longo dos anos, um resultado preocupante também foi alcançado: micro-organismos estão se adaptando às nossas técnicas e agora temos o que chamamos de “superbactérias”.

Superbactérias não respondem a prescrições regulares de antibióticos medicinais, na verdade, elas são resistentes a eles. À medida que desenvolvemos nossos métodos para matar bactérias indesejáveis ​​em nossos corpos, seus métodos de combate contra eles também se tornaram mais fortes. Hoje, temos que dar passos sérios para resolver o problema da resistência aos antibióticos, para que possamos, mais uma vez, ter vantagem sobre os microrganismos patológicos.

A nova onda de tratamentos naturais

Muitas pessoas estão se voltando para antibióticos naturais para combater infecções mais leves e, assim, limitar a prevalência de bactérias resistentes aos antibióticos. Para fazê-lo corretamente, no entanto, é importante entender que tipo de antibióticos existem e o que eles realmente fazem.

Escolhendo um antibiótico natural

Antibióticos podem combater bactérias, fungos e alguns parasitas, mas não o vírus. É por isso que os médicos não prescrevem antibióticos para uma infecção viral ou gripe. Da mesma forma, você não deve tentar usar antibióticos naturais para combater os vírus – eles simplesmente não farão nada. Antibióticos naturais podem ser divididos em antibacterianos e antifúngicos. Embora os antibióticos medicinais sejam geralmente projetados para fazer as duas coisas, a variedade de antibióticos naturais geralmente tem funções muito específicas.

Importante: Certifique-se de conversar com seu médico sobre que tipo de antibiótico natural é apropriado para ajudar a tratar sua condição de saúde específica. Esta informação não pretende ser um substituto para acompanhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Procure sempre o conselho do seu médico ou outro profissional de saúde qualificado com quaisquer dúvidas sobre sua condição médica e / ou medicação atual. Não ignore os conselhos médicos ou demore para procurar acompanhamento ou tratamento por causa de algo que tenha lido aqui.