Comer chocolate mais de uma vez por semana pode ajudar a reduzir doenças cardíacas, diz novo estudo

ANÚNCIO

Pesquisadores descobriram que pode haver uma ligação entre comer chocolate e diminuir o risco de doenças cardíacas.

A Sociedade Europeia de Cardiologia lançou uma nova análise combinada, composta por mais de 336.000 participantes.

ANÚNCIO

O estudo foi publicado no European Journal of Preventive Cardiology e explica como comer chocolate mais de uma vez por semana demonstrou ser bom para o coração.

Obviamente, é um caso de moderação, por isso não encha o corpo com a delícia, mas pelo menos não fará você sentir culpado se comer alguns chocolates de vez em quando.

Chocolate é benéfico para o coração

O autor do estudo, Dr. Chayakrit Krittanawong, da Faculdade de Medicina Baylor, no Texas, disse em comunicado: “Nosso estudo sugere que o chocolate ajuda a manter saudáveis ​​os vasos sanguíneos do coração.”

ANÚNCIO

“No passado, estudos clínicos mostraram que o chocolate é benéfico tanto para a pressão sanguínea quanto para o revestimento dos vasos sanguíneos. Eu queria ver se isso afeta os vasos sanguíneos que suprem o coração (as artérias coronárias) ou não. E se isso acontecer, é benéfico ou prejudicial?”

Comer chocolate mais de uma vez por semana pode ajudar a reduzir doenças cardíacas, diz novo estudo

A análise combinada analisou seis estudos separados, realizados ao longo de cinco décadas, para verificar se o chocolate fazia bem ao seu coração.

A análise combinada determinou: Comer chocolate mais de uma vez por semana foi associado a um risco 8% menor de doença arterial coronariana.

Uma notícia ainda melhor é que não parece haver um tipo específico de chocolate associado ao benefício. Portanto, você não terá que comer chocolate ultra-escuro, mesmo que o odeie.

O Dr. Krittanawong disse: “O chocolate contém nutrientes saudáveis ​​para o coração, como flavonóides, metilxantinas, polifenóis e ácido esteárico, que podem reduzir a inflamação e aumentar o bom colesterol (lipoproteína de alta densidade ou colesterol HDL).

“O chocolate parece promissor para a prevenção de doenças das artérias coronárias, mas são necessárias mais pesquisas para identificar quanto e que tipo de chocolate pode ser recomendado”.

Sem excessos

Mas, como lembrete, o Dr. Krittanawong alertou que isso não deveria ser uma desculpa para devorar uma quantidade saudável de chocolate.

Crédito: PA

Quantidades moderadas de chocolate parecem proteger as artérias coronárias, mas é provável que grandes quantidades não. As calorias, açúcar, leite e gordura em produtos disponíveis comercialmente precisam ser considerados, principalmente em diabéticos e obesos”, concluiu.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Lad Bible

ANÚNCIO