Aruanas – A nova série da GloboPlay

A GloboPlay está chegando com uma grande novidade, a série Aruanas mal começou recentemente e já está dando o que falar. A plataforma está constantemente lançando seriados dos mais variados temas para atender cada vez a um maior número de pessoas.

No entanto, as séries brasileiras tinham um formato muito semelhante ao das telenovelas produzidas pela Tv Globo, seja devido aos planos de câmera, a didática ou até mesmo a sequência dos acontecimentos. Aqueles que acompanham constantemente os seriados, sabem distinguir com mais facilidade essa diferença entre as nacionais e as americanas, por exemplo.

A história narrada pelo seriado

A história da série gira em torno da vida de quatro ativistas que lutam pela preservação do meio ambiente. Entre as principais personagens estão: Luiza, interpretada por Leandra Leal, que embora tenha ficado muito conhecida por seu trabalho em Cheias de Charme, traz, com o novo trabalho uma mulher forte que é extremamente envolvida em trabalhos voltados para o meio ambiente, como, por exemplo a ONG Aruanas, fato que coloca em risco a guarda de seu filho.

Também faz parte do quarteto a jornalista interpretada por Débora Falabella, que devido ao seu estado de luto acaba se afastando gradativamente de seu marido. Thainá Duarte, dá vida a personagem Clara, que vive uma história de relacionamento abusivo e ao longo do seriado tenta se livrar disso, trazendo também uma abordagem muito importante e atual.

E por último, e não menos importante, temos a Verônica, interpretada por Taís Araújo. A personagem é uma advogada cheia de força e autenticidade, que faz de tudo para defender as ativistas que lutam pelo meio ambiente, enquanto mantém em segredo um relacionamento com um homem casado. A força, intensidade e emoção trazidas por essa personagem, faz com que ela seja, sem dúvidas, uma das grandes protagonistas da produção artística.

ANÚNCIO

Visibilidade e luta pela Amazônia

Atualmente os assuntos relacionados a preservação do meio ambiente têm sido bastante discutido, principalmente devido a atual gestão do país. Um dos acontecimentos que inspirou a série foi a extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renda) em 2017 decretada pelo ex presidente Michel Temer, fato que inspirou os autores do seriado a darem mais visibilidade a Amazônia.

(Foto: Globo/Fàbio Rocha)

Além disso, a série trouxe uma mudança significativa na vida das atrizes que protagonizam o quarteto. Taís Araújo, disse em entrevista, que “Essa não é uma Amazônia pra gringo ver” “É o Brasil que não passa na televisão” se referindo aos crescentes desmatamentos que estão colocando cada vez mais em risco um dos nossos recursos mais importantes. Não apenas ela, mas também Leandra Leal e Débora Falabella, se sentiram transformadas com suas personagens

Uma dramaturgia muito bem elaborada

A dramaturgia é um conjunto muito bem amarrado e já chegou liderando o ranking de produções nacionais. Seu roteiro é composto por dramas, investigações, perseguições, ameaças aos povos indígenas, pedidos anônimos de socorro, fato que envolve o espectador gerando um clima de suspense, e até mesmo assassinatos.

Existem muitas expectativas em relação ao que está por vir principalmente por se tratar de uma tema tão atual e discutido. Mas a novidade boa é que acabou a espera. A série Aruanas estréia hoje, dia 3 de julho às 22:30 na TV, fique ligado e acompanhe essa grande novidade da GloboPlay.

ANÚNCIO