A mãe do policial Andrew Harper critica apelos de assassinos como “chute no estômago”

ANÚNCIO

Dois dos assassinos do policial Andrew Harper estão apelando de suas sentenças de 13 anos por homicídio culposo.

A mãe do oficial Debbie Adlam disse que é “mais um chute no estômago”.

ANÚNCIO

Albert Bowers e Jessie Cole, ambos de 18 anos, entraram com requerimentos no Tribunal de Apelação, buscando permissão para contestar suas sentenças e condenações.

PC Harper morreu no verão passado quando foi arrastado por estradas rurais por um carro dirigido por Henry Long.

Bowers e Cole eram os passageiros

O valente oficial tentava prender o trio que fugia depois de roubar um quadriciclo.

ANÚNCIO

Os adolescentes foram inocentados por homicídio, mas condenados por homicídio culposo.

Debbie disse: “Foi o ano mais doloroso da minha vida e o julgamento foi extenuante.”

A mãe do policial Andrew Harper critica apelos de assassinos como "chute no estômago"
Cole condenado por homicídio culposo

“Não recebemos a justiça que todos achamos que merecíamos – mas este recurso para apelar da condenação e da sentença é mais um chute no estômago.”

“Eu gostaria de pensar que não moro em um país onde as pessoas podem se envolver em tirar uma vida enquanto cometem um crime e cumprir outra coisa senão uma longa sentença de custódia.”

Esposa tenta criar nova lei

Os assassinos riram durante o julgamento, inclusive durante as provas que detalhavam a morte horrível do policial em Berkshire.

A mãe do policial Andrew Harper critica apelos de assassinos como "chute no estômago"

Enquanto o policial Harper tentava parar a gangue, seus tornozelos foram amarrados por uma alça de reboque atrás do carro enquanto ele partia em alta velocidade. Não há data marcada para o julgamento dos recursos. Long foi condenado a 16 anos.

A viúva de PC Harper, Lissie, lançou uma petição em sua candidatura por uma lei para garantir que aqueles que matam trabalhadores de serviços de emergência recebam uma sentença de prisão perpétua.

Ela disse que seu falecido marido gostaria que ela pressionasse pela reforma. Lissie disse: “É fazer algo por ele e criar seu legado … e transformar uma situação horrível em algo que pode fazer a diferença no futuro.”

Além dos apelos dos assassinos, o Gabinete do Procurador-Geral foi solicitado a rever as sentenças para considerar se eram muito brandas.

Traduzido e adaptado por equipe Ktudo

Fonte: Mirror

ANÚNCIO