3 passos para juntar dinheiro através de investimentos financeiros no Brasil

Uma das melhores formas de se guardar dinheiro hoje em dia é através dos investimentos financeiros, que são opções que trazem consigo rentabilidades agregadas ao valor que é acumulado. Assim, com o tempo, os juros passam a render quantias significativas com base em todo patrimônio.

Agora, como será que faz para começar a investir dinheiro pensando justamente em poupar dinheiro? É sobre isso que vamos falar agora. Acompanhe essas 3 dicas que são verdadeiros passos iniciais para quem está entrando no mundo dos investimentos.

1 – Perfil de Investimento

O primeiro passo é saber qual é o perfil de investimento que você tem. Isso porque existe uma variável muito grande no Brasil entre os vários tipos de investidores: têm aqueles que aguentam a pressão da bolsa de valores e outros preferem a segurança da poupança, por exemplo.

O fato é que não existe um jeito certo ou um jeito errado de investir dinheiro optando por uma aplicação financeira ou outra. A verdade é que existem aquelas opções que são mais viáveis para você em determinado momento da sua vida.

E é por isso que o perfil de investimento é importante. É uma espécie de identidade no mundo das finanças que você tem e isso vai se basear em títulos como “conservador”, “poupador” e “arrojado”. Lembre-se que não existe o perfil certo e sim o seu perfil.

ANÚNCIO

E, apenas para que se entenda isso, o investidor conservador é aquele que vai querer colocar mais doe que 90% do seu dinheiro em opções que sejam mais seguras, mesmo que rendam menos. Já o arrojado vai querer ganhar mais, então, opta por arriscar mais também.

2 – Objetivos Financeiros

Outro ponto importante é justamente saber quais são os seus objetivos financeiros e quais os prazos deles. Isso é importante porque para cada finalidade você pode ter uma opção de aplicação financeira, já que existem diversas disponíveis no Brasil.

O mais legal é perceber que também não existe o investimento bom e o investimento ruim, mas sim aquele que é adequado para você nesse atual momento. Pense para que você está poupando e investindo dinheiro – isso vai ser fundamental.

Pode ser para comprar uma casa nova, reformar o carro velho, adquirir um terreno, viajar para outro país, fazer um intercâmbio, ter uma reserva para momentos emergenciais, custear a faculdade do filho, pensar no futuro e na aposentadoria, entre tantas outras opções.

Vale lembrar que você pode ter mais do que um único objetivo e sim, pode ter vários. O mais importante de tudo mesmo é saber definir esses objetivos, que são como metas a serem cumpridas ao longo do tempo.

3 – Diversifique os Investimentos

Se você conhece o seu perfil e sabe para que vai juntar dinheiro, agora só resta uma coisa: escolher os investimentos certos para o seu dinheiro render conforme o seu estudo. Então, uma boa dica é diversificar os recursos que você tem.

Como fazer isso? Estudo as opções de aplicações financeiras, já que cada uma poderá ser boa para cada objetivo que você tem. Existe opções mais arriscadas que valem para o longo prazo e outras mais moderadas, além das mais seguras. O ideal é unir seu objetivo com o tempo.

ANÚNCIO